Indicadores de Recrutamento e Seleção e a importância de medir os resultados.

Saiba qual a importância de medir os resultados e analisar os indicadores de recrutamento e seleção.

Indicadores de Recrutamento e Seleção e a importância de medir os resultados

Ao longo dos anos, a área de Recursos Humanos tem se transformado bastante e se tornado extremamente estratégica. Capaz de trabalhar para construir um time de colaboradores para crescer junto com a organização, o RH pode fazer a diferença nos resultados das empresas.

Em recrutamento e seleção, um dos pilares que garantem o desenvolvimento do setor é a mensuração de resultados. Quanto mais medir os dados de seleção e contratação de funcionários, mais destaque a área consegue ter internamente e mais atenção dos gestores ela recebe.

Além disso, analisar os indicadores de recrutamento e seleção é muito importante para que a empresa possa melhorar processos, garantir experiência do candidato positiva e mensurar o retorno que traz uma boa contratação.

Neste artigo, separamos alguns indicadores de recrutamento e seleção que precisam ser explorados pelo RH.

Principais indicadores de recrutamento e seleção

1. Turnover

Um dos indicadores mais famosos em RH, o turnover é capaz de aferir a rotatividade da empresa.

Nesse caso, é necessário considerar a quantidade de colaboradores contratados, quantos saíram e o total de colaboradores da empresa. O cálculo pode ser feito da seguinte forma: somar contratações e desligamentos e dividir por dois. Em seguida, divida o número pelo total de funcionários e obtenha os resultados. Faça essa análise com números mensais, por exemplo, assim é possível ter uma média mensal e fazer avaliação deste indicador.

Ao entender que a rotatividade está alta, é necessário criar um planejamento para que esse número normalize e não afete o clima organizacional da empresa. No artigo “Como reduzir o turnover com ajuda da tecnologia” você pode conferir algumas dicas de como melhorar esse indicador, usando a tecnologia.

2. Canais de divulgação X contratações

Se sua empresa divulga as vagas sempre nos mesmos canais, certamente você já sabe quais são os que dão mais retorno em número de contratações, correto?

Independente da sua resposta, o importante neste indicador é ter a certeza de qual canal atende mais as necessidades da empresa.

De onde estão vindo os profissionais mais aderentes à cultura da empresa?

Uma dica para mensurar esse retorno é analisar cada canal: qual o custo, quantas vagas podem ser publicadas, quais dão mais retorno em termos de profissionais aderentes à cultura.

Levante esses dados e faça um estudo sobre os canais, preocupe-se em investir onde o retorno é maior e tenha essas informações de forma quantitativa para propor mudanças e justificar resultados.

3. Experiência do Candidato

Atrair os candidatos ideais e contratar profissionais qualificados depende de uma entrevista favorável.

Nesse sentido, avaliar a experiência do candidato pode ser uma maneira eficiente de medir o trabalho desenvolvido pelo recrutamento e seleção, além de expor a preocupação da empresa com o momento de seleção e entrevista.

Uma maneira de mensurar os resultados da experiência do candidato é disponibilizando uma pesquisa ao dar feedback aos profissionais. Pode ser enviado tanto aos que passaram no processo, quanto aos que vão receber uma negativa. Metodologia muito utilizada para calcular a satisfação do cliente, o NPS (Net Promoter Score) também pode ser facilmente aplicado aos candidatos de processos seletivo, servindo de termômetro para a equipe de R&S.

Uma outra opção, é consultar as avaliações da sua página pública no InfoJobs. Lá, você encontra avaliações específicas registrada pelos candidatos sobre as entrevistas na empresa. Por serem comentários espontâneos, é um bom termômetro para analisar como está a reputação do seu processo de recrutamento e seleção.

Para saber mais sobre Experiência do Candidato, leia o artigo “8 motivos do que NÃO podemos esquecer sobre Candidate Experience”.

4. Custos de contratação

Um dos principais indicadores de recrutamento e seleção é o custo de contratação, pois é essencial para mostrar resultados da área e justificar investimentos em recrutamento e seleção.

Todo processo seletivo gera custos e consome tempo dos profissionais de RH, por isso, é necessário medir o investimento e entender, também, se o tempo gasto nessa atividade está de acordo com o valor esperado.

Liste tudo que é usado no processo de seleção, como: canais de divulgação, materiais, headhunters, consultorias, softwares e outros recursos. Calcule, ainda, a hora dos profissionais envolvidos para obter informações sobre quanto de hora homem é usado nos processos da empresa.

Depois de calcular, faça uma média de quanto custa cada contratação e reflita sobre a possibilidade de efetuar alguma mudança estratégica. Pense na probabilidade de retirar gastos ou incluir serviços mais efetivos e que gerem retorno para a área, por exemplo.

Uma dica é usar os sistemas de recrutamento e seleção, como o PandaPé, que além de otimizarem o tempo de R&S, facilitam a mensuração dos indicadores de recrutamento e seleção.

5. Tempo de contratação e prazos

Se a sua empresa possui grande número de vagas abertas durante o ano todo, esse indicador de recrutamento e seleção é extremamente importante.

Calcular o tempo de contratação e tentar reduzi-lo sem perder a qualidade do processo de seleção é um desafio, mas usando um software de R&S essa dificuldade é resolvida.

Estipular os prazos previamente e calcular o tempo de recrutamento são pontos importantes para medir esse indicador e trabalhar por melhores resultados.

No PandaPé, por exemplo, o Smart Recruiting é uma função que otimiza o tempo de contratação, pois ao automatizar os processos, o RH consegue eliminar as atividades operacionais. Além disso, com a inteligência artificial do software, as tomadas de decisão são mais rápidas e assertivas, diminuindo, ainda mais o tempo de contratação e atendendo os prazos esperados.

Quer saber como o PandaPé pode facilitar o gerenciamento de indicadores de recrutamento e seleção? Peça uma demonstração!