6 dicas para contratar cargos de liderança

Recrutar os profissionais certos para ocuparem cargos de liderança aproxima a sua empresa de resultados acima da média

Cargos de liderança

Estar à frente do processo de contratação de cargos de liderança pode significar, algumas vezes, um grande desafio para os recrutadores, e isso porque, além de ser uma função estratégica, está associada, principalmente, ao desenvolvimento e criação de planejamentos que visam potencializar os resultados e os colaboradores.

Além de ser uma função bastante específica e com responsabilidades que envolvem resultados, engajamento e também uma grande contribuição para o sucesso da organização, pode impactar diretamente no clima organizacional e no rendimento dos departamentos. Por esses motivos, o processo seletivo requer tempo, recursos, cuidados e análises criteriosas.

Pensando nisso, e por entender a importância de admitir cargos de liderança, listamos dicas valiosas para ajudar o seu RH a estruturar o processo seletivo e saber como identificar os pontos mais importantes para escolher o candidato ideal, levando em consideração aspectos culturais, técnicos e comportamentais.

LIDERANÇA: QUAL O SEU PAPEL NAS EMPRESAS?

Há cada vez mais teorias e pesquisas que buscam responder como um líder deve agir. Isso se dá, pois, de acordo com as constantes mudanças no universo corporativo, há um senso de urgência em entender e acompanhar as alterações provocadas devido a chegada avassaladora da transformação digital, as mudanças de prioridades, dos perfis profissionais e as novidades que não param de surgir.

Além desses fatores que ditam o ritmo do mercado, prezar pela qualidade de vida dentro do ambiente de trabalho e torná-lo desenvolvedor, já são realidade. Os cargos de liderança ganham cada vez mais espaço e atenção dentro das empresas, pois estão diretamente ligados ao clima organizacional e ao desenvolvimento da empresa por meio da evolução contínua das pessoas.

O líder está à frente de uma equipe e tem como premissa atuar através da confiança de seus liderados para atingir, e até mesmo ultrapassar, as metas e objetivos, além de representar um excelente impulsionador e fonte de inspiração para os colaboradores.

Entre outras funções, o líder coordena os esforços das pessoas por meio de uma postura influente, lida com os conflitos, exerce gestão de pessoas, conduz projetos e deve desenvolver um canal de comunicação claro e ético com os colaboradores. E embora precise improvisar e mudar de estratégia em algum momento, ser um bom líder requer preparo, experiência e vontade de inspirar e ajudar pessoas.

Atuar em um cargo de liderança carrega uma imensa responsabilidade e é necessário competências técnicas e comportamentais que se façam presentes diariamente e que direcionem a equipe da melhor forma.

Você sabe como recrutar o melhor perfil de líder? Leia as nossas dicas e estruture o seu processo de recrutamento e seleção. 

1 – CONHEÇA A NECESSIDADE

Entenda exatamente qual a necessidade da empresa/setor. Procure conversar com o gestor da vaga e até mesmo com a equipe que o líder contratado ocupará. Busque o máximo de informações e detalhes possíveis para saber ao certo quais deverão ser as especificações do profissional para suprir as lacunas.

Assim, será mais fácil mapear quais técnicas, conhecimentos e comportamentos deverá procurar e avaliar nos candidatos. A partir deste passo, é possível, além de desenhar qual perfil esperado, traçar e compreender quais são os desafios e objetivos da vaga em aberto. Afinal, é importante ressaltar que líderes desejam fazer parte de empresas sólidas e que saibam onde querem chegar.

2 – NÃO ESQUEÇA DO FIT CULTURAL

Cada vez mais as contratações se apoiam no Fit Cultural, pois, esta é a forma que mais se aproxima da essência do profissional para garantir o match entre talento e organização. Isto é, os profissionais de RH devem ter bem definitivos quais são os valores da empresa para buscar o candidato que mais se adeque a cultura organizacional. Afinal, o Fit Cultural está totalmente atrelado ao nível de engajamento, entrega e motivação dos funcionários.

Durante o processo de recrutamento e seleção esses atributos, conceitos e valores devem ser explicados e transmitidos para os candidatos, assim, é possível estabelecer e nivelar expectativas.

3 – CONHEÇA O HISTÓRICO DO PROFISSIONAL

Entender sobre as experiências anteriores proporciona uma boa noção das competências e aptidões do candidato. E para isso, é necessário ir fundo e analisar além do currículo. Busque se aprofundar e questione sobre os desafios enfrentados, que resultados foram atingidos, estratégias desenvolvidas e possíveis cases de sucesso em sua trajetória. Perguntar sobre os acertos e os erros demonstra o nível de aderência a vaga.

É conhecendo o histórico que o recrutador consegue identificar qual o tipo de liderança o profissional possui e se está de acordo com o perfil desejado e mapeado descrito na dica de número 1.

4 – TESTES DIVERSOS

Use e abuse da tática de aplicar testes práticos. Assim como no tópico anterior, o RH precisa se certificar de que o profissional está apto para os desafios que a sua empresa apresentará.

Lembre-se de que um líder pode tanto alavancar os resultados da sua empresa, quanto cometer erros que os comprometa, e até influenciar no clima organizacional. Nesta posição, não há espaço para arriscar ou testar o profissional somente depois de contratado.

Faça dinâmicas em grupo e, além disso, aplique testes comportamentais e de conhecimento geral. Desenvolva e coloque os profissionais em situações desafiadoras e reais, pergunte, solicite soluções e descubra como lidariam em determinadas ocasiões.

Aproveite para desenvolver testes com exemplos que já ocorreram em sua empresa, desta forma, obterá respostas mais próximas da realidade e poderá analisar se os comportamentos apresentados estão de acordo com os valores e expectativas da sua organização. Aproximar o máximo da realidade auxilia em análises mais assertivas.

5 – PROCESSO DE SELEÇÃO COLABORATIVO

A contratação de um cargo de liderança necessita de cuidado e atenção de mais pessoas, por isso, aposte em um processo colaborativo.

Por se tratar de um cargo estratégico, é importante que várias pessoas possam analisar e expor suas visões sobre o perfil profissional. Agrupar opiniões ajuda a contratar de forma mais assertiva e aumenta a probabilidade de o profissional suprir as necessidades do cargo.

O PandaPé, Software de Recrutamento e Seleção do InfoJobs, já possui essa funcionalidade. Na interface do ATS, é possível que o recrutador convide outras pessoas para participar do processo de R&S e incluam suas impressões e comentários dentro da ferramenta. Mais de uma pessoa consegue acompanhar a esteira que o candidato está percorrendo no processo e auxiliar na tomada de decisão.

6 – OFEREÇA ATRATIVOS COMPATÍVEIS COM O MERCADO

Por fim, não espere atrair este perfil profissional sem boas ofertas.

Saiba que ao passo em que a sua empresa deseja contratar os melhores profissionais para ocupar posições estratégicas, estes perfis também buscam as melhores empresas para fazer parte.

Para chamar atenção destes profissionais, é preciso estar, no mínimo, alinhado com o mercado, ou seja, oferecer salário, pacote de benefícios empresariais e outras vantagens, semelhantes com as outras empresas.

Em uma era de busca acirrada pelos melhores talentos, a imagem da marca empregadora atrelado aos benefícios que a empresa oferece contam muito para atração e retenção. Não dá para ficar para trás, por isso, busque ser justo, trabalhar o Employer Branding e brilhar os olhos dos candidatos.

Todo processo de R&S tem sua importância e leva tempo, a entrada de um líder acarreta movimentações consideráveis para empresa, pois altera estratégias e processos, e deve ocorrer da forma mais harmônica para não causar desconfortos e prejuízos. Com o PandaPé, o seu time de RH consegue contratar melhor, de forma digital e assertiva. Através do software, o seu time de Recursos Humanos pode disparar testes, customizar a comunicação com os candidatos, personalizar filtros, controlar todas as informações do processo de seleção através de um único dashboard e automatizar todas as etapas, do início ao fim.

Para contratar cargos de liderança em menos tempo com mais qualidade, solicite agora mesmo uma demonstração. Entre em contato com a gente e ajuste o ATS as necessidades da sua empresa.

Solicite uma demonstração